Egas.com
Jornal do Agrupamento de Escolas Egas Moniz - Guimarães
Pesquisa

O Papa, o presépio, a vaca e o burro Zacarias.
Por José Louro (Professor), em 2012/11/23481 leram | 0 comentários | 148 gostam
O senhor Papa Bento XVI pode muito bem ter culpas no cartório por causa desta greve ou talvez a explicação seja outra!
Dizia o Toninho, do alto dos seus doze anos acabados de fazer, "onde é que já se viu um presépio sem animais, mas sobretudo sem vaca nem burro?" Dizia não, perguntava, à saída da igreja de Santo Estevão de Terreiro das Bruxas, depois de ter verificado com os seus próprios olhos, já lhe tinham dito qualquer coisa sobre o caso, que este ano o presépio estava incompleto.
O Ismael da Menina, barbeiro afamado e sabedor, alvitrava que tinha sido o sr. abade, influenciado pelo livro do santo padre, a determinar que assim fosse.
A dona Marquinhas, beata, não dizia nada pois "o sr. padre é que sabe, e pronto".
O Zé Tinoco, esse , ria-se a bandeiras despregadas e gozava com a situação.
O Toninho é que não se conformava e quis tirar a coisa a limpo. Fez as suas diligências e pasmem, que descobriu ele ?
Foi no estábulo, ou melhor no curral,( nem de propósito!), que falando com os animais do pastor Lei Troncho, ficou a saber da boca do burro Zacarias que se não havia animais no presépio era pela simples razão de andarem zangados com os homens que os maltratavam e à natureza e, como forma de protesto, tinham decidido não figurar no presépio. E mais não disse o velho e anquilosado burro, não ficando o Toninho a saber se a greve era geral, em todo o país e em todos os presépios, ou era só na sua aldeia.


Comentários

Escreva o seu Comentário