Egas.com
Jornal do Agrupamento de Escolas Egas Moniz - Guimarães
Pesquisa

Em Busca da Flor Mágica
Por Laura Rocha (Aluna, 5a turma), em 2013/02/06608 leram | 0 comentários | 127 gostam
Olá, eu chamo-me Laura, sou do 5º A, e venho contar-vos uma história que eu própria escrevi.
Era uma vez...não, desta vez vai ser diferente, daquela vez (Ah!, assim está melhor!)duas irmãs, uma mais velha e outra mais nova(o que não me espanta porque quase todas as histórias têm uma irmã mais velha e outra mais nova),continuando... a irmã mais velha chamava-se Laura, ela era bonita e inteligente, tal e qual a sua irmã mais nova, a Carolina.
Elas nunca se afastavam de casa, principalmente quando sabiam que havia um lobo nos bosques, cujas presas preferidas eram crianças. Certo dia, bem cedo, o pai das meninas mandou-as irem apanhar flores para a mãe que fazia 35 anos. Então lá foram as duas irmãs.
- Não se afastem de casa!- disse o pai.
- Está bem!- disseram as irmãs.
Ao apanhar flores, a Carolina apanhou uma diferente das outras. A flor que ela apanhou brilhava.
- Laura,Laura! Olha a flor que eu apanhei!- disse a Carolina.
- Uau! Essa flor é bonita e diferente de todas as flores do mundo. Onde a encontraste? - perguntou a Laura.
- Encontrei-a ao pé da macieira!- respondeu a Carolina.
- A mãe vai adorar a flor que nós encontrámos, melhor dizendo, a flor que tu encontraste, vamos? - perguntou a Laura.
- Sim!- disse a Carolina.
- Mãe! Mãe! Esta flor é para ti, é uma flor mágica,espero que gostes!- gritaram as irmãs.
O lobo (melhor dizendo)o feiticeiro Orlando,que se fazia passar por lobo, quando ouviu aquilo decidiu ir lá roubar a flor mágica para acabar o seu exército malvado de robôs, para dominar o mundo.
De manhã,quando a mãe acordou,a flor mágica tinha desaparecido.
- Aaaaaaaaah! A flor mágica desapareceu!- gritou a mãe.
Quando a mãe olhou para o chão viu pegadas que iam dar ao bosque. A Laura e a Carolina acordaram e perguntaram:
- O que se passa, mãe?
- Roubaram a flor, minhas queridas!
A Laura e a Carolina decidiram então ir de manhã bem cedinho procurar a flor no bosque sem ninguém saber. Então lá foram.
Ao entrar no bosque, viram um senhor e perguntaram:
- Viu um homem com uma flor?
- Sim, eu conheço esse homem, ele vive num castelo. Querem que vos dê o mapa para chegarem lá?
- Siiiiiimmmm!- disseram elas com grande entusiasmo.
Então seguiram o mapa que as levaria ao castelo.
Quando chegaram ao castelo, já era demasiado tarde. O feiticeiro Orlando já tinha feito o seu exército malvado de robôs, mas elas não desistiram e acabaram por tirar a flor mágica ao feiticeiro Orlando e destruir o exército de robôs.
Assim, voltaram a casa e mantiveram a flor na família.


Comentários

Escreva o seu Comentário