Egas.com
Jornal do Agrupamento de Escolas Egas Moniz - Guimarães
Pesquisa

Ecolino nas férias da Páscoa
Por Ilda Oliveira (Professora), em 2022/04/29149 leram | 0 comentários | 8 gostam
Na disciplina de Oficina de Leitura e de Escrita, a aluna Mafalda Gonçalves, do 8º B, apresentou o seu trabalho de escrita e o seu desenho para a edição do Ecolino - jornal digital do Pegadas. Não foi o selecionado, mas tem muita qualidade.
Ecolino e o salvamento da Páscoa

Aí vem a Páscoa, uma das festividades apreciadas pelas crianças, a época em que as crianças procuram os ovos escondidos pelo coelho da Páscoa. Bem, é uma época repleta de alegria e de união. Desculpem a minha divagação, mas ando ainda com o Natal na minha cabeça.
O Vírus da COVID19 pretende ainda continuar no nosso mundo e com a Páscoa a aproximar-se, o Ecolino vai querer proteger-se e proteger-nos. Bem, vou começar …
Na manhã, antes da páscoa, Ecolino vê o parque cheio de lixo no chão. Ecolino entendeu que a Páscoa não pode ser celebrada com lixo por todo o parque da cidade. Assim, decidiu chamar algumas crianças da zona para o ajudar a limpar tudo. Ecolino também aproveitou para chamar alguns dos seus amigos da Mãe Natureza para em conjunto tratarem da limpeza do parque. À medida que o tempo passava, o parque ia ficando mais limpo e mais crianças colaboravam na tarefa árdua de deixar o espaço verdejantes muito asseado. Já se fazia tarde e o parque já estava quase todo limpo, já só faltava uma zona, aquela onde as crianças podiam usar os baloiços. Pouco a pouco, as crianças foram saindo do parque e Ecolino ficou sozinho com uma criança que estava lá a ajudá-lo desde o início; essa criança fez um comentário que fez com que Ecolino refletisse sobre isso: ele deixara a sua família e os seus amigos numa cidade distante e embarcara numa viagem com os seus pais para ajudar as pessoas necessitadas e tornar o mundo melhor. Contudo, ele ia passar esta Páscoa sozinho. Nos seus pensamentos sobre a vida dessa criança, Ecolino ouviu a criança dizer: “Comecei, acabei. Não vou deixar um amigo acabar isto sozinho!” Ecolino ficou sensível às palavras de uma tão jovem criança. E assim, durante uma hora, os dois acabaram a limpeza do parque e no final cada um seguiu o seu caminho, a criança para a sua casa e Ecolino para o seu espaço, junto do riacho.
Na manhã de Páscoa, Ecolino acorda cheio de ovos à sua volta e com as crianças que o ajudaram durante a véspera, vinham acompanhadas de seus pais. Estavam felicíssimos com o estado brioso do parque, até parecia que reluzia ao sol. Aquela pequena árvore conseguira incutir nas crianças uma lição: saber cuidar do planeta e travar novas amizades.

FIM


Comentários

Escreva o seu Comentário
 




Top Artigos: Amor de Mãe